Resenha: Rangers – Ordem dos Arqueiros #2 Ponte em Chamas – John Flanagan

rangers-ordem-dos-arqueiros-02-ponte-em-chamas

Nos últimos quinze anos, o temível Morgarath conseguiu reunir um enorme exército de criaturas implacáveis, os Wargals. Eles não temem nenhum inimigo e são controlados mentalmente pelo próprio Morgarath, o Senhor da Chuva e da Noite.

Pego de surpresa, o Reino de Araluen se vê diante de uma guerra. Enviado em uma perigosa missão para impedir o confronto, o jovem arqueiro Will parte acompanhado do grande amigo e espadachim Horace e o do habilidoso Gillan. Os três guerreiros contarão também com a inusitada ajuda da misteriosa e bela criada Evanlyn Wheeler. Nessa jornada, Will colocará à prova todos os ensinamentos de coragem e aptidão transmitidos pelo seu mestre, o famoso arqueiro Halt.

Mas o que o jovem não imagina é que ficará frente a frente com o tenebroso Morgarath e que poderá ser o responsável por mudar o rumo da eminente batalha. Será mais um teste de coragem e determinação, em que Will terá de provar seu valor.

Tenho que falar que a série Rangers virou meu novo xodó. Esse segundo livro, se possível, é ainda melhor que o primeiro. Entrei mais fundo no universo da história, e agora ja era, viciei! =D

A batalha conta Morgarath e seu exército se aproxima! E Will e Horace são enviados em uma missão junto com Gilan, para conseguir reforços do povo Celta. Mas alguma coisa não estava muito certa …

Como eu vou conseguir explicar o quanto eu gostei desse livro ? Foram tantas coisas … vamos lá:

Will e Horace evoluiram muito. O autor mostrou isso muito bem, e também mostrou de forma clara as diferenças entre os dois e suas habilidades. Will se tornando cada vez mais um verdadeiro arqueiro e Horace o melhor guerreiro jovem. E a amizade entre os dois também cresceu muito! *-*

E temos uma nova personagem: a Evanlyn, que era criada da filha do rei, e foi a única a sobreviver num ataque quando estava em celta … mas será que é só isso mesmo ou a garota esconde algo ? Evanlyn se torna amiga de Horace e Will, e se mostra uma menina corajosa e bondosa.

Morgarath criou um plano invecível, e iria destruir a força do reino facilmente. Uma ponte levaria seu exército por onde ninguem imaginava que seria possivel. Will, Horace e Evanlyn descobrem a ponte e os planos de Morgarath. Mas não há tempo de voltar e contar o que está acontecendo … eles mesmo tem que agir … mas será que conseguirão sozinhos ?

Outro ponto fortíssimo do livro é a história paralela em lugares diferentes. Num capítulo você está junto com Will e seus amigos, em outro você está junto com o rei e seus cavaleiros preparando os detalhes da guerra. E isso me fez ler compulsivamente: eu lia para voltar para história de Will e saber o que ia acontecer e a mesma coisa para voltar ao feudo e saber como iam as coisas …

Resumindo pessoal: ‘Rangers – Ordem dos Arqueiros’ é uma série perfeita, com tudo que eu gosto: aventura, amizade, ação, humor … A batalha final no livro eu achei ÉPICA, muito bem narrada, consegui imaginar cada movimento, cada emoção na dupla lutadora (sim, uma dupla: Morgarath e … ). E Will e Halt ? Cada vez mais desenvolvendo uma relação de pai e filho! Tão perfeitoo .. **–**

E tenho que falar sobre o final do livro: simplesmente eu preciso da continuação imediatamente. =D

Já foram lançados 6 livros da série aqui no Brasil. La fora ja foram lançados 10 ! Ou seja, muita coisa ainda pra mim aproveitar!

E uma última coisinha: a série é publicada aqui no Brasil pela editora Fundamento. Ou seja: o livro é impresso com uma qualidade perfeita, as capas são lindas, com baixo relevo no nome do livro, e as páginas tem uns detalhes coloridos muito sutís, sempre na mesma cor (nesse é um laranja bem claro) que dá um aspecto muito mais cuidado no livro e até facilita a leitura.

É isso ae pessoal. Comentem e corra para comprar o seu! =D

Deixe uma resposta