Resenha: Rangers – Ordem dos Arqueiros #1 – Ruínas de Gorlam

Ruínas de Gorlam

Durante a vida inteira, o pequeno e frágil Will sonhou em ser um forte e bravo guerreiro, como o pai, que ele nunca conheceu. Por isso, ficou arrasado quando não conseguiu entrar para a Escola de Guerra.

A partir daí, sua vida tomou um rumo inesperado: ele se tornou o aprendiz de Halt, o misterioso arqueiro, que muitos acreditam ter habilidades que só podem ser resultado de alguma feitiçaria.

Relutante, Will aprendeu a usar as armas secretas dos arqueiros: o arco, a flecha, uma capa manchada e… um pequeno pônei muito teimoso. Podem não ser a espada e o cavalo que ele desejava, mas foi com eles que Will e Halt partiram em uma perigosa missão: impedir o assassinato do rei.

Essa será uma viagem de descobertas e aventuras fantásticas, na qual Will aprenderá que as armas dos arqueiros são muito mais valiosas do que ele imaginava.

Comprei esse livro meio que sem indicação, mas por interesse na série mesmo depois que o vi na livraria. E simplesmente me apaixonei pela série.

Não se enganem: Rangers – Ordem dos Arqueiros não é uma série do tipo ‘RPG’, apesar de se passar na idade média e ter umas características que levam a pessoa a pensar isso. A série está mais para Harry Potter e Percy Jackson (não que tenha alguma coisa haver) do que pra RPG.

O livro conta a história de Will. Ele foi criado como ‘protegido’ do barão no feudo onde mora, pois seus pais morreram quando ele ainda era bebê. Quando Will e os outros protegidos completaram 15 anos, eles deveriam escolher qual carreira seguir.

Will sempre quis entrar para a ‘Escola de Guerra’ e ser um guerreiro do reino. Mas ele era pequeno e franzino. Mas também era inteligente, rápido, muito curioso e austacioso, o que fez Halt, o misterioso arqueiro do feudo, se interessar pelo garoto.

Will, mesmo sem saber muito sobre os arqueiros, passa a ser o discípulo de Halt. E ae que a aventura começa! =D

O livro é relativamente pequeno e a narração é ótima: a história vai fluindo sem partes chatas onde não acontece nada. Entre o treinamento de Will e de seus amigos, os outros protegidos, e o provavel começo de uma guerra, a história passa de modo frenético, que me fez ler quase sem parar ! =D

Aventura, amizade, e, para minha total surpresa, até romance tem pontos super fortes na história. A parte da amizade chama muito a atenção, do tipo: “que coisa linda **–**” !

E tenho que falar: o livro é pela Editora Fundamento, ou seja, o livro vem impresso numa qualidade impressionante. E, além disso, com um colorido sutil nas páginas, o que pra mim, é ótimo, pois dá um aspecto mais ‘cuidado’ no visual do livro.

Onde comprar: Amazon

Deixe uma resposta